sexta-feira, 30 de julho de 2010

O MENSAGEIRO - Número 1 - Agosto de 2010

Para visualizar as páginas em tamanho maior, vá clicando no botão esquerdo do mouse sobre as imagens. Você deverá ampliar uma página por vez.



sábado, 24 de julho de 2010

Sobre Alberto Frioli


É gratificante descobrir o trabalho do escultor Alberto Frioli no contexto das artes plásticas do século XXI. Em meio a tantas mostras a refletir sobremaneira o cenário desorganizado, mecanicista e, quase sempre, niilista da sociedade hodierna, encontramos uma proposta de reconstrução, renovação e reencantamento da vida, respaldada pela Tradição dos Mestres e dos mitos e símbolos imemoriais. O conjunto de sua obra parece revelar a aproximação de uma espécie de cultura alquímica, a contrapor-se aos padrões até então adotados, sussurrando segredos, desvelando mistérios e reposicionando o homem (e sua missão) no ciclo evolutivo do tempo, evocando o Ouroboros ou Aion dos gregos (de onde a palavra "eternidade" é derivada), de modo a definir um período cósmico entre a criação, a destruição do universo e sua recriação. Na verdade, percebe-se o alquimista e sua opus, em constante processo de transmutação, como que conclamando à coletividade a continuidade e a expansão de sua realização. Prazeirosamente, podemos pensar num sopro de Azoth, o último arcanum dos alquimistas, o espírito universal de Deus, em júbilo, criando através de suas criaturas.

Claudia Bento Alves – astróloga e artista plástica.

Sobre Luis Augusto Weber Salvi (LAWS)


O Professor Luis Augusto Weber Salvi vem desenvolvendo um prestigioso trabalho no âmbito da Teosofia Científica, revelando por meio de um embasamento científico-intuitivo, o processo de evolução que tem ocorrido no seio do planeta Terra, levando em conta as diferentes Raças-raízes e sua sucessão evolutiva, explanando, com brilhantismo e erudição, sobre alguns dos temas mais destacados da teosofia e do neo-teosofismo, apurados sob uma ótica que aproxima a Ciência e a Religião, assim como Arte e Filosofia.
Sua obra apresenta a Teosofia Científica como a visão dos “Mistérios Desvelados”, na qual Ciência e Tradição aproximam-se efetivamente, possibilitando uma abordagem integrada e universalista da Criação e de seus ciclos, enfatizando que a vida flui em constante evolução, ascendentemente mas também ciclicamente e através de processos estruturais (uma explanação sobre o tema, bastante didática e acessível, pode ser acessada aqui).
A extensão e o conteúdo do seu trabalho, só encontram paralelos em nomes como Helena P. Blavstsky e Alice A. Bailey –cada qual reservando um estilo próprio e também os seus focos direcionados de interesses-, que sabidamente trabalharam sob a orientação da Hierarquia, o que permite deduzir que LAWS também se insere nesta linha de atuação -mesmo porque, apenas sob a ótica humana, tal labor seria inconcebível-, além do seu trabalho se conectar diretamente a estas mesmas fontes nas suas raízes, enfim, dentro daquilo que Bailey chamou de o “Plano da Hierarquia de Preparação da Humanidade para a Nova Era”.

Claudia Bento Alves – astróloga e artista plástica.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

A Arca do Tempo


O que é a Arca do Tempo
A Arca do Tempo é um Centro de Cultura Holística, a expressão da Escola Una voltada para a atuação conjunta nas áreas de Arte, Ciência, Educação e Filosofia, dentro de padrões canônicos e arquetípicos. Nisto, existe o fomento do ecumenismo e da síntese, da prática e da renovação, assim como da restauração de valores positivos da Humanidade.

Os objetivos da Instituição


A Arca do Tempo visa reunir e difundir informações lapidares alcançadas nesta época de transição mundial, organizadas na intenção de atravessar os próximos séculos, levando no seu bojo conhecimentos teóricos e práticos, tidos como finais e definitivos, e alcançados com este propósito histórico dentro de processos únicos e irrepetíveis. Antes que a humanidade caia numa crise sem controle maior e as instituições possam entrar em bancarrota -como a própria Ciência já admite publicamente ser a tendência das próximas décadas-, em função de possíveis cataclismos ambientais e convulsões sociais que o próprio ser humano tem semeado sobre a Terra, face o seu quase completo divórcio com as forças superiores, mantido nestes últimos séculos de História mundial materialista.
Não obstante, estes conhecimentos, sujeitos a complementos e a desdobramentos progressivos, constituindo desta forma uma espécie de cânone elementar, serão capazes de auxiliar positivamente a humanidade a superar estas crises -todavia ainda sujeitas a se ampliar-, e então se reerguer vigorosamente, mediante a aplicação do conjunto das informações vitais reunidas na Arca do Tempo.

O acervo da Arca do Tempo

A Arca do Tempo possui acervo patrimonial e acervo custodial.
Dentro do acervo custodial permanente da Arca, merecem destaque duas “coleções” singulares, independentes mas consideradas mutuamente complementares (como forma & essência). Trata-se da obra preservada do artista plástico Alberto Frioli, com mais de 100 peças realizadas em traçado áureo, sobretudo o Harmonizador Planetário e o cavalo-alado Aquilon. E também da obra completa do filósofo e escritor Luís A. W. Salvi (LAWS), autor polígrafo com mais de 120 volumes, representando um autêntico Pramantha, ou uma obra canônica e perenialista, destinada a colocar os cimentos para a evolução da nova humanidade. Inclui-se ainda de forma honorífica, dentro do acervo custodial da Arca, as obras preparatórias das ama-nuenses Helena P. Blavatsky e Alice A. Bailey, e que juntamente com LAWS, integram o fulcro do “Plano da Hierarquia de Preparação da Humanidade para a Nova Era”, revelado por Bailey.


A plural obra revelada de LAWS: um novo cânon em mais de 120 volumes

Como atua a Arca do Tempo

A Arca do Tempo tem uma atuação cultural inovadora e diversificada e, ao mesmo tempo, integradora em seus princípios de fomentar Arte, Ciência, Educação e Filosofia. Neste rol de metas, incluem-se atividades culturais, sociais, espirituais e ambientalistas, com destaque para o Centro de Estudos Agarthinos - CEA.
No plano material, para efeitos simbólicos, o arquivamento das informações se realizará no entorno físico do Harmonizador Planetário, através de técnicas apropriadas.
Contudo, a Arca não é apenas um arquivamento passivo, contendo registros de conhecimentos-chaves legados à Humanidade nesta transição planetária. Ela se destina, acima de tudo, a ser antes um verdadeiro “arquivo vivo” de mentes e de corações pulsantes ao ritmo das novas energias mundiais, inspiradas e orientadas através do acervo artístico e intelectual pelo qual a Entidade busca zelar.
De fato, muitas e grandes energias se acumulam numa transição de épocas como a nossa. Por esta razão, a Arca do Tempo, profundamente inserida nos atuais calendários mundiais de transição em escala trina, como é a data profética de 2012, representa também um Grande Escola de Iniciação, Iluminação e Ascensão, destinada portanto aos três Centros planetários de consciência relacionados à Trindade divina, quer dizer: a Humanidade, a Hierarquia e a Divindade; cuja unidade tradicional, redentora e evolutiva, a Arca do Tempo vem fomentar.

Localização

A Arca do Tempo está estrategicamente localizada em região tradicionalmente destinada a esta espécie de instituição, a salvo de maiores turbulências ambientais e sociais, que é o Planalto Central do Brasil, na Chapada dos Veadeiros, cidade de Alto Paraíso de Goiás, distante cerca de 250 km ao norte de Brasília, conhecida por suas belezas naturais e afamada por muitos projetos místicos e futurísticos durante as últimas décadas.
Situada no quilômetro 10 da estrada GO 239, a área da Entidade está cercada de patrimônios naturais, pelo Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (com o Morro da Baleia, animal-símbolo bíblico da Arca, e a vereda do Jardim de Maitreya), por pousadas, sítios e comunidades rurais.
Merece quiçá, reflexão o simbolismo do Arcano X (pelo quilômetro 10). A “Roda da Fortuna” contém espírito de mudança, e o valor dez é chamado de “fractal-chave” dentro das Ciências calendáricas, porque a proporção de 10% resume os montantes e serve de impulsionador para as transformações maiores. Por isto este Arcano -que corresponde, da mesma forma, ao mover a Roda do Dharma (Lei espiritual)- está simbolizado na Cabala pela letra Iod, ou o dedo de Deus a acionar o “Fiat” da Criação.

Como participar e contribuir

Dotada de um acervo artístico e intelectual único, a Arca do Tempo representa seguramente um empreendimento maior, que almeja preservar e transmitir às gerações vindouras obras de arte e conhecimentos considerados lapidares, aspectos de um verdadeiro novo cânone a ser completado pelas gerações seguintes, dentro deste espírito original de unidade, evolução e de integração.
Para tudo isto, a Arca necessita concluir as suas instalações. Os recursos virão de doações, da venda de produtos e da venda de terrenos na Eco-Vila local. Também foi idealizado um sistema de colaboração física dentro do padrão “arquival” da Arca do Tempo: a “Praça dos Tijolinhos”, onde através de aquisição destas unidades é possível efetuar um registro pessoal.
A sua participação é o mais importante, pois tudo isto é para você e para aqueles que virão. Conheça e faça uso dos acervos da Arca do Tempo. A hora da realização final da humanidade tem chegado: busquemos todos juntos o caminho da Grande Luz.
Faça a sua parte: conheça, divulgue, participe e ingresse na Arca do Tempo! Seja parte desta nova tripulação abençoada que deverá ajudar a humanidade se reerguer sobre os seus próprios pés.

Outros projetos

Ao lado deste importante conjunto de metas, existem uma série de Projetos anexos que lhe dão complemento e sustentabilidade, tais como:

- Escola de Educação Integral
- Templo Ecumênico
- Pousada ambientalista
- Restaurante Natural
- Estufas para Agricultura Permanente
- Desenvolvimento de Eco-tecnologias
- Museu e Biblioteca Universalista
- Editora e Livraria